quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Veja essa...


Alguém quer ler o que disse aquele senhor que, quando aparece, Lula cresce na pesquisa?. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso respondeu a um questionário do iG, por email, sobre o fato de 2010 ser a primeira eleição sem Lula como candidato, Ta aqui.
Thiago Aguiar

Fotos do CEO Juazeiro.


Juazeiro do Norte - O novo equipamento, que conta com serviços especializados em saúde bucal, prestará atendimento aos municípios de Barbalha, Caririaçu, Granjeiro, Jardim, Missão Velha e Juazeiro do Norte, cidades integrantes da 21ª Microrregião de Saúde. O CEO foi inaugurado pelo governador Cid Gomes que, em seu discurso, detalhou a importância do local para a melhoria da qualidade de vida das pessoas da Região. “Agora, com a entrega desse novo equipamento, as pessoas podem usufruir de um atendimento de qualidade com o que há de mais moderno em termos de equipamentos. Gente banguela no Ceará, nunca mais”, comemorou Cid.

Com um total de 41 profissionais realizando 136 atendimentos diários de ortodontia, periodontia, prótese, endodontia e diagnóstico do câncer de boca, o local funciona na Avenida Castelo Branco, esquina com Rua José Marrocos, no centro da cidade. Segundo o governador para o CEO funcionar foram investidos um total de R$ 1,8 milhão em recursos, onde R$ 1 milhão destinou-se a obra e R$ 800 mil aos equipamentos. “Em saúde o mais fácil é fazer o atendimento. O mais complicado é fazer com que os equipamentos continuem funcionando e com qualidade. Em Juazeiro, além do investimento inicial para a construção do CEO, para funcionar é necessário um investimento anual de R$ 2,2 milhões”, confirmou.

O CEO de Juazeiro do Norte é a primeira das nove unidades regionais de saúde que o Governo do Estado vai entregar à população da macrorregião do Cariri. São cinco policlínicas (Campos Sales, Icó, Brejo Santo, Barbalha e Iguatu), três CEOS (Icó, Brejo Santo e Juazeiro do Norte) e o Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro. Para as pessoas com deficiência, o CEO oferece estrutura adequada de atendimento.

Segundo o secretário da Saúde, João Ananias, o Estado é o primeiro do Brasil a garantir ao povo em geral, acesso de qualidade às especialidades odontológicas. Ananias explicou que o tratamento dos dentes dos cidadãos, tanto do Cariri, quanto de todo o Ceará, possibilitam a melhoria da saúde de toda Região. Além disso, ele declarou que o Centro de Especialidades de Juazeiro do Norte coloca à população diante dos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS). “Nosso objetivo é humanizar o atendimento garantindo o direito à saúde à população caririense”, finalizou.

As obras do CEO de Juazeiro do Norte foram iniciadas em fevereiro deste ano compondo uma das novas unidades do Programa de Fortalecimento e Melhoria da Assistência Especializada à Saúde no Interior. No total, 39 novas unidades de saúde em todas as regiões do Estado. São 21 policlínicas, com 11 já em construção, 16 CEOs e dois hospitais regionais. Nos CEOs e nas policlínicas o modelo de gestão é inovador no Estado. A gestão será dos consórcios públicos em saúde, estratégia implantada pelo atual governo para fortalecer a regionalização.

Homenagem

O CEO de Juazeiro recebe o nome do odontólogo Ticiano Van Den Brule Matos. Nascido em 5 de março de 1957, em Juazeiro do Norte, formou-se pela Faculdade de Odontologia do Recife, em 1986. Em 1989 foi vítima de acidente que lhe tirou a vida. Era casado com Terezinha Melo de Oliveira, com quem teve um único filho, David Melo Van Den Brule.

Thiago Aguiar

Autorizado reinício do Centro de Apoio aos Romeiros


Finalmente o Governo do Estado oficializa o reinício das obras de construção do Centro de Apoio aos Romeiros


Juazeiro do Norte.

Após cerca de quatro anos sem continuidade de uma das obras mais aguardadas em Juazeiro, foi assinada ordem de serviço pelo governador Cid Gomes para reinício dos trabalhos de complementação do Centro de Apoio aos Romeiros. O contrato com a Construtora Justo Júnior, responsável pelo término de uma das etapas do projeto, está relacionado à área que abriga mais de 1.200 boxes. A obra deverá estar concluída entre junho e agosto de 2010. As grandes romarias do ano começam já em janeiro. Serão investidos nesta etapa de trabalho R$ 7,8 milhões. Os recursos são oriundos do Ministério do Turismo e do Tesouro estadual.O cadastramento dos vendedores já foi iniciado pela Prefeitura Municipal, há alguns anos, quando se aguardava a conclusão. Por várias vezes a início da obra chegou a ser anunciado, e parava por falta de recursos. O local se encontrava abandonado, e na Romaria de Finados foi encontrado até um cadáver em um dos pontos de devoção.InvestimentosMas essa é apenas uma das etapas de trabalho. O secretário das Cidades, Joaquim Cartaxo, prevê investimentos da ordem de R$ 12 milhões, para conclusão do Centro Multiuso, prédio já iniciado, onde também se encontra um anfiteatro para um público estimado cerca de 10 mil pessoas.O secretário afirma que estará em Brasília esta semana com o governador Cid Gomes, com a finalidade de conseguir o restante dos recursos para a conclusão do Centro de Apoio, uma das maiores obras com recursos públicos e também uma das mais criticadas já realizadas em Juazeiro. Não se sabe ao certo quanto chegou a ser investido no conjunto que inclui o Centro de Apoio aos Romeiros, no qual está inserida a Praça dos Romeiros, mas o assunto já foi tema de discussão na Câmara Municipal para que chegasse a ser investigado com rigor.Ontem, o prefeito da cidade, Manoel Santana, disse que são cerca de duas décadas para a finalização do Centro. Ele comemora a continuidade dos trabalhos em seu governo, que passou a responsabilidade de tocar o projeto para o Governo do Estado. O secretário das Cidades, Joaquim Cartaxo, afirma que a conclusão da praça contribuirá para a organização do comércio de rua em torno da Igreja da Matriz. "Na praça estão previstos quiosques, com toda a infraestrutura necessária para acomodar os pequenos comerciantes que ocupam as calçadas e as ruas na época das romarias", diz ele.Além disso, segundo ele, o espaço irá receber adequadamente parte do grande número de romeiros que visitam Juazeiro durante as festas religiosas. "É uma obra que faz parte da estratégia do Governo do Estado de fortalecer o turismo na região do Cariri". A obra da praça consiste em serviços de complementação da estrutura em concreto armado, coberta em estrutura metálica, piso pré-moldado tipo bloket, alvenarias de tijolo cerâmico, laje pré-moldada, instalações elétricas e hidrossanitárias, revestimento, esquadrias e pintura.A proposta é que o Centro Multiuso abrigue um Museu de Arte Sacra, Escola de Design e o Ciops, além do anfiteatro. Uma das grandes reivindicações para a conclusão da obra tem sido principalmente para abrigar os vendedores que ficam no entorno da Basílica Menor de Nossa Senhora das Dores.Por várias vezes paralisada na administração anterior, e com perspectiva de inauguração desde o fim de 2006, finalmente o secretário admite que a pretensão é concluir todo o complexo no governo Cid Gomes. Isto resolveria um dos problemas relacionados ao espaço dos vendedores informais. O administrador da Basílica, padre Paulo Lemos, afirma que com a transferência dos vendedores se resolveria um dos grandes problemas relacionado ao número excessivo de barracas na proximidade da Igreja Matriz.As obras envolvendo todo o Centro de Apoio aos Romeiros estão contidas no Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano de Juazeiro, incluindo a área como Unidade de Vizinhança Centro. Desde os anos 80, durante a administração do ex-prefeito Manoel Salviano, foi iniciada a desapropriação dos terrenos. A ideia inicial era que o local fosse sede da Prefeitura, mas incluindo farmácias, restaurantes, fraldário, ambulatórios, redário e até Posto Policial. Por bem o atual prefeito Dr. Santana decidiu planejar para os próximos 2 anos construir um novo centro admistrativo, provavelmente deverá ser um complexo com todas as secretarias, agilizando assim os trabalhos e tramites municipais.


Diario do Nordeste. Thiago Aguiar

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Cariri Shopping deve receber 700 mil pessoas.

Juazeiro do Norte. Uma perspectiva de público em mais de 60% acima do mesmo período do ano passado. É com essa margem acima das expectativas, que o Cariri Shopping, em Juazeiro do Norte, fecha o ano de 2009. Somente durante o mês de dezembro deverão passar pelo local, até o fim do mês, mais de 700 mil pessoas. As campanhas promocionais realizadas no local, conforme a administração, têm sido responsáveis por essa grande parcela de público.

Segundo a gerente de marketing, Alessandra Lourenço, esse tem sido o resultado de um trabalho constante de marketing realizado durante o ano e que o público tem correspondido em potencial, inclusive com a margem de vendas. "É uma realidade do ponto de vista não só correspondente a números, mas de forma qualitativa", diz ela.

A campanha natalina do Cariri Shopping foi iniciada no fim de outubro, mesmo período do lançamento da decoração natalina. Este ano, segundo o superintendente Paulo Teixeira, o grande diferencial está voltado para a promoção de fim de ano, que envolve sorteio de computadores, motos e um veículo, aberto a todo público consumidor.

Ele afirma que a perspectiva inicial de público para o mês de novembro deste ano era de 15%. "Fechamos com cerca de 34%, bem acima do que prevíamos", afirma. Esse é um resultado que surpreende a cada ano, conforme o superintendente, pelo próprio potencial que a região apresenta.

A gerente de marketing afirma que diante da prévia inicial dos 17 primeiros dias deste mês, já se prevê praticamente o crescimento de dezembro de 2009 acima de 30%, o que corresponde a um fluxo de 580 mil pessoas. Para chegar a essa margem de crescimento, administração do empreendimento utiliza como medidores a realidade da própria região e os índices da Associação Brasileira de Shoppings Centers (Abrasce), usando parâmetros de shoppings do mesmo porte em todo o País.

Os sorteios foram iniciados neste fim de semana e continuam até o dia 26, data de encerramento da campanha, com o sorteio de um veículo.

Também durante este período do ano, o centro comercial ampliou os horários de funcionamento. Aos domingos, as lojas ficarão abertas das 14 horas às 22 horas. De segunda a sábado, até o dia 23, das 10 horas às 23 horas. Já nos dias 24 e 31 de dezembro, o funcionamento será das 10 horas às 18 horas. A abertura em horário especial visa proporcionar mais conforto e tranquilidade aos clientes em suas compras de Natal.

Expansão
Previsto para ser iniciado ainda este ano, o projeto de expansão do Cariri Shopping irá começar no mês de abril do próximo ano, tendo em vista a movimentação durante o período natalino. De 13 mil metros quadrados, com a ampliação, o local passará para 25 mil metros quadrados. O projeto total, envolvendo obras da ampliação e total revitalização, haverá um investimento de cerca de R$ 60 milhões, conforme o superintendente.

O projeto arquitetônico cria novos espaços gastronômicos, áreas de lazer e cultura. Com a expansão, o Cariri Shopping passará a ser o primeiro do Interior do Nordeste em tamanho, contando com 188 lojas.

A programação natalina inclui presença diária do Papai Noel e apresentações de grupos artísticos. O Cariri Shopping comemorou no fim de novembro 12 anos de sua inauguração.

Obras
"Serão investidos nas obras de expansão e revitalização total do shopping cerca de R$ 60 milhões"
PAULO TEIXEIRA
Superintendente do Cariri Shopping
Diario do Nordeste. Thiago Aguiar

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

20 de Dezembro de 1913 um dia histórico para Juazeiro


20 de Dezembro de 1913, a cidade de Juazeiro do Norte era defendida pelo 'Círculo da Mãe de Deus' e sobrevive heroicamente ao primeiro ataque da milícia do Coronel Rabelo que queria levar pra capital a cabeça do Padre Cícero. Juazeiro venceu e continuou cidade graças ao seu exército de romeiros e excluídos da lei que bravamente deram suas vidas por algo grandioso: A cidade dos afilhados do Padre Cícero. Hoje noventa e seis anos depois, alguns guardiões da historiografia oficial da cidade acham vergonhoso as fotos que relembram o episódio. É bom lembrar que toda a burguesia juazeirense daquela época se retiraram da cidade, ficando apenas Padre Cícero e seus Romeiros e entre eles havia alguns úteis ao manejo de armas, os Cangaceiros. Estes destemidos tomaram à frente do movimento e derrotaram a milícia do governo estadual que era composta de Oficiais do Exército, fieis ao General Dantas Barreto, um Nordestino que se destacou no massacre de Canudos, Jagunços(cangaceiros submissos) dos coronéis do Cariri leais a Franco Rabelo, a sua maioria, e criminosos condenados que foram libertos de um presidio da periferia de Fortaleza para pegarem as armas do governo e combaterem os defensores de Juazeiro em troca do perdão dos seus crimes. Até um canhão fora enviado pelos comerciantes de Fortaleza para a destruição da terra dos artesãos da "Mãe de Deus" que já incomodavam comercialmente Fortaleza e Recife. A Sedição de Juazeiro deve ser oficialmente reconhecida como uma revolução. Ela mudou algo, transformou o que? Dizem que o grande milagre do Padre Cicero é a cidade de Juazeiro. E se Juazeiro tivesse sido destruída? Não haveria história porque não haveria o milagre e o destino do povo nordestino seria vencer a todo custo numa peleja adiada para 1936 nas cercanias do Caldeirão da Santa Cruz porque a história do povo de Deus é feita de lutas... A Cidade de Santa Cruz do Beato José Lourenço seria hoje a Capital da Fé e restaria as lembranças de um Canudos, Contestado e Juazeiro do Padre Cícero que certamente suas ruinas seriam visitadas por meia duzia de estudiosos. "Há de arder e florescer" está profecia trazida pelos "beatos antigos" só não revelava o local. E aconteceu na sombra de um Juazeiro...Por Antonio Cariry.
Thiago Aguiar

Reflexão. As vicissitudes do presente.

1 Tudo tem seu tempo, há um momento oportuno para cada empreendimento debaixo do céu.

2 Tempo de nascer,e tempo de morrer;
tempo de plantar,e tempo de colher a planta.

3 Tempo de matar,e tempo de sarar;
tempo de destruir,e tempo de construir.

4 Tempo de chorar,e tempo de rir;
tempo de gemer,e tempo de dançar.

5 Tempo de atirar pedras,e tempo de ajuntá-las;
tempo de abraçar,e tempo de se separar.

6 Tempo de buscar,e tempo de perder;
tempo de guardar,e tempo de jogar fora.

7 Tempo de rasgar,e tempo de costurar;
tempo de calar,e tempo de falar.

8 Tempo de amar,e tempo de odiar;
tempo de guerra,e tempo de paz.


Feliz Natal e um 2010 melhor para todos! Thiago Aguiar

RELÓGIOS REMISSIVOS SERÃO INSTALADOS PARA O CENTENÁRIO

O município de Juazeiro do Norte vai ganhar pelo menos 10 relógios remissivos relacionados a festa dos 100 anos da sua emancipação política. Eles serão instalados em pontos estratégicos indicando o tempo que falta para a festa do centenário. A decisão foi tomada em reunião da comissão organizadora da festa. O relógio maior seria instalado na Praça Padre Cícero e os outros menores em locais como o aeroporto, rodoviária e nas saídas para os municípios de Crato e Barbalha, dentre outros pontos. Outra decisão foi quanto a planta do centenário um projeto que será tocado pela Fundação Mussambê. A entidade vai produzir mudas que serão plantadas como símbolo dos 100 anos de Juazeiro do Norte. O presidente da Comissão, Geraldo Menezes Barbosa, adiantou que a iniciativa funcionará como incentivo numa forma de tornar a cidade mais arborizada. Ele presidiu o encontro ao lado do coordenador executivo e Secretário e Turismo e Romaria, José Carlos dos Santos. Na reunião foram compostas subcomissões de literatura e de teatro.
PMJN. Thiago Aguiar

A cidade que cresce.



A cidade que cresce, que sobre o aconchego da chapada, a vista da chapada do Araripe...
Foto:(Cariricatura e Alex Uxoa)
Thiago Aguiar

CIOPS - Juazeiro do Norte.

O governo do Estado do Ceará, prevê entregar em 18o dias, com ivestimentos da ordem de R$ 807 mil - O CIOPS - Coordenadoria integrada de Operações de segurança de Juazeiro do Norte. Serão fornecidos serviços de planejamento, coordenação, normatização, e controle de serviços de atendimento às chamadas de emergência e ocorrência, centralizando e integrando as operações de segurança das policias preventivas, repressivas e de socorro a população.
A edificação deverá conter Recepção, circulação, auditório (com 80 lugares), ambiente de descompressão, pátio interno, jardim, copa, sala de manutenção, almoxerifado, sala de informática, sala do orientador, sala de video-monitoramento, sala de despachantes, sala de atendimento, estacionamento, guarita, banheiros, e vestiários. Totalizando, somente de área construída: 1.181 m2.
A medida é louvável e oportuna, será o verdadeiro "sistema nervoso" da segurança caririense, a partir deste centro, medidas serão adotadas de modo mais rápido e elaborado. Estamos esperançosos de poder obter resultados positivos e do sucesso desta iniciativa. Precisamos de outros serviços, a exemplo do SAMU - Serviço Móvel de Urgência, que já foi autorizada implantação do mesmo pelo governador, e deverá ganhar forças com a vinda do ministro Temporão, para se integrarem ao CIOPS aumentando a capacidade de resolução desta central. JuaNews. Thiago Aguiar

Brasileiros vencem Festival de Video na Alemanha com apoio do BNB.

Paraense e cearense radicado na Alemanha vencem o Festival de Vídeo do Minuto com tema Padre Cícero. Um paraense e um cearense radicado na Alemanha foram os dois vencedores do Festival de Vídeo do Minuto com o tema “Padre Cícero”, bravament patrocinado pelo Banco do Nordeste do Brasil (BNB).
Rodrigo Aben-Athar, de Belém (PA), ganhou o Prêmio Aquisição BNB, no valor de R$ 2 mil, com o vídeo “O dia em que Padim voltou ao Crato”; e Dada Petrole, cearense natural da cidade do Crato e residente em Münster (Alemanha), conquistou o Prêmio Especial Romaria, no valor de R$ 1 mil, com o vídeo “Dia dos mortos”.
Houve ainda duas menções honrosas: Larissa Nalini, de Ribeirão Preto (SP), com o vídeo “Padim”; e Rodrigo Garcia Macedo, do Rio de Janeiro, com o vídeo “Padim de Juazeiro”. Os quatro premiados também receberam o Troféu Minuto. Os vídeos vencedores podem ser assistidos no site do Festival (www.festivaldominuto.com.br).Segundo o diretor e produtor executivo do Festival do Minuto, Gustavo Steinberg, foram inscritos 100 e selecionados 61 vídeos sobre o Padre Cícero pela curadoria do evento.
“Desses 61 vídeos, 34 (ou 55,7%) foram produzidos por realizadores da região Nordeste, traduzindo um recorde absoluto de participação da região no Festival do Minuto. Esses números demonstram uma escolha acertada do tema e do foco da ação durante a romaria em Juazeiro do Norte, no último dia 2 de novembro”, analisa Steinberg.Cearense do SéculoO Padre Cícero é até hoje considerado o Cearense do Século. Durante uma missa celebrada por ele em 1889, em Juazeiro do Norte, ocorreu o primeiro de uma série de milagres que o tornaram lendário: uma hóstia ministrada pelo sacerdote a uma beata transformou-se em sangue na boca da religiosa. Tal fenômeno se repetiu diversas vezes durante cerca de dois anos. Rapidamente espalhou-se a notícia de que acontecera um milagre.
A partir daí, o mito do Padre Cícero passou a ter fortíssima influência social e religiosa em todo o Estado do Ceará, e Juazeiro do Norte tornou-se uma cidade-santuário e um dos maiores centros de romarias e religiosidade popular do Brasil. É lá que está sepultado o famoso Padim Ciço, maior benfeitor da cidade e santo popular.
Thiago Aguiar

Curtas & boas.

DE MUDANÇAS...
APÓS LONGAS DISCUSSÕES E MUITOS ANOS DE SOFRIMENTO, CHEGOU AO UM PONTO QUE A FEIRA DO MERCADO NA RUA SÃO PAULO FICOU INVIÁVEL PARA TODOS.
A PREFEITURA DE JUAZEIRO EM PARCERIA COM VÁRIAS PESSOAS QUE JUNTOS UM SÓ IDEAL, A ORGANIZAÇÃO DA CIDADE REALIZAM HOJE A TRANSFERÊNCIA DE TODOS OS FEIRANTES DA RUA SÃO PAULO QUE SERÃO LOTADOS PARA GARAGEM DA VIAÇÃO SÃO FRANCISCO ESSA SEMANA. QUANDO A MESMA RUA JÁ ESTÁ SENDO REASFALTADA AGORA PELA EMPRESA CORAL.

INAUGURAÇÕES.
CID GOMES JUNTO COM O MINISTRO DA SAÚDE JOSÉ GOMES TEMPORÃO, DEPUTADO JOSÉ GUIMARÃES, Sec. DAS CIDADES, JOAQUIM CARTAXO, PREFEITOS E VEREADORES INAUGURAM HOJE A UNIDADE CEO JUAZEIRO DO NORTE, QUE CONTARÁ COM 11 SALAS DE ATENDIMENTO SIMULTÂNEOS E 32 PROFISSIONAIS DE SAÚDE BUCAL, O GOVERNADOR ENTREGA TAMBÉM HOJE A DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL DE CARIRIAÇÚ E ASSINA ORDEM DE SERVIÇO LOGO MAIS DE CONTINUAÇÃO DA OBRA DO CENTRO DE APOIO AOS ROMEIROS NO VALOR DE R$ 7,8 milhões.

NOVIDADES DO DEMUTRAN
DEMUTRAN INFORMA QUE CRUZAMENTO DA AVENIDA CASTELO BRANCO COM SÃO BENEDITO TERÁ SEMÁFORO E SERÁ O 6º DA AV. CASTELO BRANCO, INFORMOU AINDA QUE HOJE ESTEJA ACONTECENDO A FISCALIZAÇÃO DOS MOTO-TAXISTAS E TOPIQUEIROS DE JUAZEIRO.

SUCESSO!
A CAMPANHA DE RETIRADA DAS PLACAS COMERCIAIS REALIZADA PELA PREFEITURA (SEMASP) OBTEVE SUCESSO, TODAS AS PLACAS DA RUA SÃO PEDRO, 98% DAS PLACAS FORAM RETIRADAS, AS QUE PERMANECERAM DEVERÃO SER MULTADAS.

E A EMENDA?
A CAMPANHA PARA O DEPUTADO FEDERAL MANOEL SALVIANO COLOCAR EMENDA DE R$: 1 MILHÃO PARA JUAZEIRO DEVERÁ FICAR PARA O PRÓXIMO ANO, JÁ QUE BRASÍLIA ESTÁ DE RECESSO, ENTÃO FÉRIAS! A VERBA PRA JUAZEIRO É MAIS UMA VEZ ADIADA, O PIOR SEM RESPOSTAS, O TAMBÉM DEPUTADO FEDERAL JOSÉ ARNON TAMBÉM PODE FAZER EMENDAS PARLAMENTARES, VAMOS COBRAR.

A FAVORITA.
FORTALEZA, MARACANAÚ, SOBRAL, CAUCAIA E JUAZEIRO SÃO AS CINCO MAIORES ECONOMIAS DO CEARÁ, 2002-2007, SEGUNDO O IPECE. A COMPOSIÇÃO DO PIB JUAZEIRO: INDÚSTRIA 20%, SERVIÇOS 79,5%, AGROPECUÁRIA 0,5%. JUAZEIRO FOI A CIDADE QUE MAIS ATRAIU INDÚSTRIAS COM BASE NA POLÍTICA DE INCENTIVOS FISCAIS, DE ACORDO COM O IPECE. NOSSA CIDADE É A PREFERIDA DOS INDUSTRIAIS, TEMOS UM DOS MELHORES INCENTIVOS DO BRASIL.

NOVO 0800.
TODOS QUE UTILIZAM OS SERVIÇOS DA SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE E SERVIÇOS PÚBLICOS A SEMASP, DE JUAZEIRO, SABEM A DIFICULDADE QUE SEMPRE FOI ENTRAR EM CONTATO COM ESTE SETOR, AGORA MUDANÇAS, PARA SOLICITAR O SERVIÇO, RECLAMAR, DENUNCIAR OU ENVIAR SUGESTÕES LIGUE: 0800.2753014.

PABX DA PREFEITURA
PARABÉNS A TODOS QUE FAZEM O PABX DA PREFEITURA MUNICIPAL DE JUAZEIRO, AS TELEFONISTAS, JOELMA, FRANCISCA, JUCELINA E LÚCIA, SÃO AS FUNCIONÁRIAS NOTA 10, TODOS OS DIAS, ESTÃO RESPEITOSAMENTE, ELEGANTEMENTE E CARINHOSAMENTE, ATENDENDO SEJA AO PÚBLICO OU AOS COLEGAS DE TRABALHO, TRANSFERINDO OU COMPLETANDO LIGAÇÕES E SEMPRE COM AQUELA PACIÊNCIA E SIMPATIA QUE NORMALMENTE FALTA A MUITOS, É UM TRABALHO DIGNO DE GRANDES ELOGIOS. ESTÃO DE PARABÉNS. "PREFEITURA BOM DIA/ BOA TARDE"

COMENTÁRIO.
MAIS UMA VEZ O BLOG JUANORTE TENTOU ACERTAR NO COMENTÁRIO E NÃO CONSEGUIU, O JORNALISTA, FEZ UM BALANÇO DA ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DE JUAZEIRO, EM SEU COMENTÁRIO ELE DIZ "DEPOIS DE UM ANO DE ADMINISTRAÇÃO, QUE SE COMPLETA EM 1º DE JANEIRO PRÓXIMO, FINALMENTE O PREFEITO DE JUAZEIRO DO NORTE, MANOEL SANTANA (PT), COMEÇA A APRESENTAR OS PRIMEIROS RESULTADOS POSITIVOS." HORA QUEM DE NOS SERES HUMANOS NASCE SABENDO DE TUDO SOBRE TUDO? ISSO É UTOPIA, A SABEDORIA É A BASE E NÃO FALTA, O QUE VALE MAIS É A HONESTIDADE, TRANSPARÊNCIA E PARTICIPAÇÃO POPULAR. AS CRÍTICAS DESCONSTRUTIVAS NÃO LEVA A NADA, E AS CORES? QUANDO RAIMUNDÃO COLOCOU OS POSTES DA COR DO PARTIDO DELE NINGUÉM DISSE NADA, ESCOLAS PINTADAS DE AZUL E AMARELO, NÃO COMENTAVAM NADA, AGORA PORQUE A IMPLICANCIA COM O VERMELHO E BRANCO? SÓ DEUS E O GVERNO SABE O ESTADO QUE A PREFEITURA FOI ENTREGUE. PARA SER CLARO, SUCATEADA E ENDIVIDADA. AGORA IMAGINE COMO DESCREVERÍAMOS UM JORNALISTA QUE GOSTA DE CAUSAR SITUAÇÕES VEXATÓRIAS COMO COMENTÁRIOS SOBRE O PASSADO, QUE NINGUÉM PROVA QUE ACONTECEU, E NÃO IMPORTA MAIS, NA VIDA DO MONSENHOR MURILO COM O BISPO DOM FERNANDO.

TRANSPORTE ALTERNATIVO.
SÓ QUEM UTILIZA QUE MAIS SABE O NÚMERO DE TOPIQUES QUE TRAFEGAM ENTRE JUAZEIRO, CRATO E BARBALHA É SURPREENDENTE, ENTRE TOPIQUES E MICROÔNIBUS, ELES DIVIDEM O ESPAÇO COM OS TRANSPORTES COMUNS, É UM TRABALHO HONESTO, MAS A VELOCIDADE QUE OS MESMOS VÊM DESENVOLVENDO NAS AVENIDAS PRINCIPAIS É INACREDITÁVEL, SÃO ORGANIZADOS, UTILIZAM POUCA HIGIENE, COBRAM UM VALOR JUSTO, E ENTRE VANTAGENS E DESVANTAGENS SEGUEM AS TOPIQUES NO CARIRI.

CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE.
APROVADO PELA CAMARA MUNICIPAL E PELO PREFEITO MUNICIPAL, TORNANDO-SE LEI EM 19 DE NOVEMBRO E PUBLICADO NO DIÁRIO EM 27 DE NOVEMBRO, A LEI DE Nº. 3599 OS TRABALHOS TERÃO INICIO EM JANEIRO DE 2010, PRÓXIMO MÊS. O SETOR DE JUVENTUDE, DA SEC. ESPORTE E JUVENTUDE TAMBÉM SERÁ FORTALECIDA COM NOVOS MEMBROS. FORTALECENDO TAMBÉM A BASE DA AÇÃO DO PROJETO, QUE PROMETE SER IMACTANTE PARA A JUVENTUDE DE JUAZEIRO.


SESAU FARÁ MAIS UMA ENTREGA DE ÓRTESES E PRÓTESES
ESTÁ PROGRAMADA PARA ÀS 8 HORAS DO DIA 24, NO MEMORIAL PADRE CÍCERO, A ÚLTIMA ENTREGA DE ÓRTESE E PRÓTESE DO NO. A informação é da coordenadora do projeto na Secretaria Municipal de Saúde, Rita de Cássia. Thiago Aguiar

Natal dos Anjos Solidários.



Dia 27 de Dezembro o grupo Anjos Solidários realizarão o Natal Solidário Cevema, o evento contará com os seguintes shows. Inicio previsto para às 14:00 horas, com sorteiro de centenas de brindes.








Fábio Carneirinho.


Namoro Novo.


Maurício Jorge.


Luis Fidelis


Forro Sem Jeito


Samuel(cantor do menino de rua)


Segredos da Paixão.

Colabore, e faça do Natal das crianças melhor este ano, sua presença é importante para fazer uma criañça mais feliz. O Veja Juazeiro apoia não só este evento mas todosos eventos e ações promovidas pelo grupo dos Anjos. Vale a pena participar.

Realização: Anjos Solidários Cevema.
Apoio Prefeitura Prefeitura Municipal de Juazeiro.
Thiago Aguiar

Monitoramento das obras do governo em tempo real.


O Governo do estado do Ceará, inova mais uma vez e divulga o site, em fase de teste, onde é possível qualquer pessoa observar em tempo real as cameras de monitoramento das obras do estado. As imagens só eram liberadas apenas para o governo, agora para todos. Uma forma bem transparente de governar.

Thiago Aguiar

sábado, 19 de dezembro de 2009

Praça dos Romeiros: Governo assina OS para conclusão


O Governador Cid Gomes assina, nesta segunda-feira, (21), às 19 horas, no Centro de Apoio aos Romeiros, em Juazeiro do Norte, no Cariri, a ordem de serviço para obras de complementação da Praça de Apoio aos Romeiros. O investimento será de R$ 7,8 milhões, com recursos oriundos do Ministério do Turismo e do Tesouro do Estado.
Segundo o secretário das Cidades, Joaquim Cartaxo, a conclusão da praça contribuirá para a organização do comércio de rua em torno da Igreja da Matriz. “Na praça estão previstos quiosques, com toda a infraestrutura necessária para acomodar os pequenos comerciantes que ocupam as calçadas e asruas na época das romarias”.
Além disso, o espaço irá receber adequadamente parte do grande número de romeiros que visitam Juazeiro durante as festas religiosas. ”É uma obra que faz parte da estratégia do Governo do Estado de fortalecer o turismo na região do Cariri”, diz Cartaxo.
A obra da praça consiste em serviços de complementação da estrutura em concreto armado, coberta em estrutura metálica, piso pré-moldado tipo bloket, alvenarias de tijolo cerâmico, laje pré-moldada, instalações elétricas e hidro-sanitárias, revestimento, esquadrias e pintura.
Fonte. Portal do Governo do Estado.

Desde 1988 que os romeiros e os juazeirenses aguardam a conclusão desta obra, mais uma vez um governador assina a Ordem de Serviço para esta obra, mas só o tempo dirá se realmente teremos o tão sonhado centro de apoio aos romeiros, vamos desta vez, cobrar e acompanhar cada passo desta longa história.
Thiago Aguiar

Padre Cícero: entre a fé e a política

Todos os anos, uma média de 2,5 milhões de peregrinos se deslocam até Juazeiro do Norte, a 520 quilômetros de Fortaleza, para pagar promessas, acender velas e fazer pedidos a um padre proscrito pela Igreja Católica. No centro desta movimentação está uma das mais intrigantes figuras catalisadoras da fé popular no Brasil, Cícero Romão Batista, o padre Cícero, cujos supostos milagres são tabu nos círculos católicos há mais de um século, mas que hoje caminha para ser reabilitado pelo Vaticano. Diante do avanço das correntes evangélicas, a Santa Sé deposita nele a esperança de atrair novos devotos. Neste momento em que a vida e as façanhas do religioso passam por um intenso escrutínio, a biografia “Padre Cícero — Poder, fé e guerra no sertão” (Companhia das Letras), do jornalista Lira Neto, traz fatos inéditos e revela facetas desconhecidas do protagonista (veja mais imagens e dados), como sua atuação política e a relação com o cangaceiro Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião. A biografia será adaptada para o cinema, com direção de Sérgio Machado (diretor de “Cidade Baixa”) e estreia prevista para o primeiro semestre de 2011. Lira Neto faz uma aposta ousada sobre o futuro de padre Cícero no Vaticano. — A reabilitação de padre Cícero, em Roma, é apenas o primeiro degrau para a sua canonização — diz o biógrafo, que dedicou mais de dez anos às pesquisas sobre a vida do religioso. Após ser proibido pelo Vaticano de exercer funções sacerdotais e escapar por pouco da excomunhão, Cícero encontrou na política o caminho para mostrar sua força. O personagem que surge na biografia é um Cícero diferente do que os devotos conhecem, capaz de fazer conchavos com as elites e de evitar que Juazeiro se transformasse em uma nova Canudos. — Depois de ser banido da Igreja e perder todas as prerrogativas do sacerdócio, Cícero se converte a um novo sacerdócio: a política. É um outro padre Cícero. Ele se envolve com a luta armada que vai resultar na deposição do governador do Ceará. Juazeiro chegou a ser atacada para ser destruída sob a acusação de que ali estava fermentando uma nova Canudos. Cícero soube se aliar com as elites e sobreviver a todos os seus adversários — explica Neto. A nova biografia surpreende também por mostrar, em ritmo de thriller, o mistério que envolve os milagres de Juazeiro atribuídos a Cícero e à beata Maria de Araújo, que transformava em sangue a hóstia recebida em comunhão das mãos do padre. Jamais será possível comprovar se esses milagres aconteceram. Por ordem da Igreja, as supostas provas foram dizimadas. Os paninhos manchados de sangue usados para limpar os lábios de Maria de Araújo foram queimados. E mesmo se tivessem sido preservados seria impossível fazer uma comparação genética com os restos mortais da beata. Seu túmulo foi violado em 1930 e o corpo desapareceu. Mas se a dúvida sobre os milagres permanece, a biografia traz à tona acontecimentos comprovados, como o encontro do padre com Lampião. Houve um único encontro entre os dois, em 1926, quando a Coluna Prestes passava pelo Ceará. Lampião recebeu uma carta do padre convidando-o a participar de uma das milícias formadas na época para combater o avanço de Luís Carlos Prestes. Lampião aceitou o convite, e encontrou-se com Cícero em Juazeiro. Em troca da sua participação em um dos Batalhões Patrióticos, Lampião recebeu do Ministério da Defesa dinheiro, armas e munição, além da patente de Capitão. O governo federal incentivava que líderes locais formassem milícias contra Prestes, sem se importar com o perfil de seus integrantes. — Quando Lampião vê a carta assinada pelo padre Cícero, ele aceita. Isso mostra que o padre era respeitado até pelo mais feroz dos cangaceiros. Por coincidência, Lampião é recebido em Juazeiro pelo próprio padre Cícero, que manda chamar o único funcionário público disponível na cidade, um agrônomo, e pede para ele assinar uma patente de capitão para Virgulino. Mais tarde, ao ser questionado sobre ter forjado o documento, o agrônomo responde: “Naquela situação, diante do padre Cícero e do Lampião, eu assinaria até a destituição do presidente da República” — conta o jornalista. Padre Cícero soube se movimentar com naturalidade em mundos diferentes. Mesmo depois de ser submetido no seminário ao universo ritualizado e asséptico da fé católica, preservou sua visão de mundo sertaneja. Era um homem sintonizado com o universo do mágico, do maravilhoso, do fantástico, muito típico do catolicismo popular e com grande apelo no sertão. — Ele sabia como ninguém tocar a alma popular. Nunca deixou de ser um sertanejo. Soube também se reinventar na política com muita habilidade, contrariando a imagem de ser um sujeito tosco, incapaz de ter uma percepção sofisticada. A forma como Cícero se conduziu na política mostra como ele era astuto. Basta dizer que outros líderes messiânicos contemporâneos tiveram uma sorte muito ruim, foram passados na espada pela repressão governamental — avalia o biógrafo. Um capítulo do livro conta como a cidade de Juazeiro chegou a ser atacada pelas tropas governamentais. Um exército de jagunços, cangaceiros, devotos e moradores da cidade defendeu-se. Para não cometer o mesmo erro de Antônio Conselheiro em Canudos, eles preferiram, em vez de esperar outros ataques, partir para a ofensiva, conquistando cidade após cidade, até chegar a Fortaleza. Depois, conforme combinado com governo federal, foi decretada uma intervenção e o governador do Ceará foi deposto.
— É uma história mirabolante. Parece ter saído da cabeça de um ficcionista em estado de delírio. Se essa história fosse um romance, provavelmente o autor seria acusado de pecar pela ausência de verossimilhança. É inacreditável que isso tenha ocorrido da forma que ocorreu e há tão pouco tempo — completa Lira Neto, explicando que foi por isso que escolheu como epígrafe para o livro a frase de Gay Talese: “Há muito acredito que o realismo é fantástico”. O biógrafo lista uma série de indícios para mostrar que sua aposta na canonização de Cícero é realista. A igreja que padre Cícero construiu no Juazeiro, com trabalho coletivo dos fiéis, e na qual ele foi proibido de rezar missa, foi elevada à categoria de basílica em setembro de 2008. O mesmo lugar aonde devotos do padre vão, em romarias, pagar promessas, abriga hoje um brasão do papa Bento XVI. Na capela de Nossa Senhora do Perpétuo, em Juazeiro, onde o corpo do padre está enterrado, foi instalado um vitral com a imagem de Cícero, ao lado de outros com santos oficiais católicos. Na missa de 75 anos da morte do padre, celebrada este ano em Juazeiro, o bispo Fernando Panico deu vivas a Cícero e levou ao delírio uma multidão de 20 mil fiéis. — A reabilitação é para muito breve e os indícios são claros. Em setembro deste ano, dom Fernando (Panico) esteve no Vaticano em audiência com Bento XVI e o principal assunto foi padre Cícero. É muito claro que neste caso o tempo, o relógio do Vaticano, vai rodar com mais celeridade do que costuma correr.
“Padre Cícero — Poder, fé e guerra no sertão” é divido em duas partes: “A cruz” e “A espada”. Na primeira metade, a questão central é a dos supostos milagres. A segunda parte, depois de Cícero ser proscrito da igreja, revela a experiência política do padre. — Se na primeira parte o sangue era hóstia, com uma origem supostamente divina, na segunda parte o sangue é humano e é derramado nos campos de batalha. A história da primeira parte do livro é uma espécie de thriller eclesiástico. A segunda é um faroeste caboclo, em que a ação predominante é no campo de batalha e nos bastidores da política — resume Lira.


Fonte: O GLOBO. Thiago Aguiar

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Aconteceu.

Aconteceu ontem a noite na capela do Socorro, durante celebração eucarística natalina o prefeito Dr. Santana em seu discurso lembrou ser aquela igreja um lugar onde ele se sente renovado, é onde busca forças para continuar na caminhada de administrar uma cidade do porte de Juazeiro do Norte. Lembrou que suas prioridades continuam sendo a de beneficiar os mais carentes com escola, moradia, saúde e emprego.

Agradeceu o apoio de todos que fazem, junto com ele, a administração da revolução democrática. Além de empenho, pediu que todos coloquem mais sentimento e emoção para que a população sinta-se bem em procurar o serviço público.

Além funcionários, estavam presentes o vice-prefeito Roberto Celestino e maior parte do secretariado municipal, vereadores e populares que seguiram para a Praça do Socorro, onde às 20 horas, aconteceu apresentação da Orquestra Sinfônica de Viena numa parceria entre a administração municipal e Governo do Estado. Thiago Aguiar

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) baixou regras para as próximas eleições.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) baixou na noite de quarta-feira regras para a eleição do próximo ano, na qual serão escolhidos o presidente da República, governadores, senadores e deputados. A novidade em relação a outras eleições é a regulamentação clara do uso da internet pelos candidatos.

De acordo com a resolução, a propaganda eleitoral na internet será permitida a partir de 6 de julho. Ela poderá ser feita nos sites dos candidatos, dos partidos e das coligações. Os endereços eletrônicos deverão ser comunicados à Justiça Eleitoral.

MENSAGENS

A resolução do TSE também estabelece que poderão ser enviadas mensagens eletrônicas para endereços cadastrados gratuitamente pelo candidato, partido ou coligação, por meio de blogs, redes sociais, sites de mensagens instantâneas e assemelhados. Mas está proibida a veiculação de propaganda eleitoral paga em sites de pessoas jurídicas e de órgão e entidade públicos.

Os ministros do TSE também estabeleceram que as mensagens eletrônicas enviadas por candidato, partido ou coligação, por qualquer meio, deverão dispor de um mecanismo que permita a desativação de recebimento pelo destinatário. Isso deve ser providenciado num prazo de 48 horas.

A propaganda eleitoral somente poderá ser feita a partir de 6 de julho. Os candidatos poderão fazer uma propaganda intrapartidária nos 15 dias anteriores à indicação pelo partido político. Eles poderão colocar cartazes e faixas nas proximidades dos locais onde ocorrerão as convenções.

JORNAIS E REVISTAS

Até a antevéspera das eleições, cada candidato poderá divulgar até 10 anúncios pagos na imprensa escrita. Segundo o tribunal, não será considerada propaganda eleitoral a divulgação de opinião favorável a candidato, partido político ou coligação pela imprensa escrita. No entanto, abusos e excessos estarão sujeitos a punição.

As emissoras de rádio e de televisão não poderão, a partir de 1º de julho, dar tratamento privilegiado a qualquer candidato, partido político ou coligação. As emissoras também não poderão veicular propaganda política ou difundir opinião favorável ou contrária a candidato, partido político ou coligação sob risco de punição.


NOVAS REGRAS

Regras gerais

Na quinzena anterior às convenções nas quais os partidos escolherão seus candidatos, os postulantes poderão fazer propaganda intrapartidária, inclusive com faixas e cartazes nas proximidades do local da convenção

Na propaganda dos candidatos a presidente, governador e senador, deverá constar também os nomes dos candidatos a vice-presidente, a vice-governador e a suplente de senador

São vedadas a confecção, utilização e distribuição de camiseta, chaveiro, boné, caneta, brinde, cesta básica ou quaisquer outros bens que possam proporcionar vantagem ao eleitor

São proibidas a realização de showmício e de evento assemelhado para promoção de candidatos e a apresentação, remunerada ou não, de artistas com a finalidade de animar reunião eleitoral

É vedada a propaganda por meio de outdoors

Internet

É permitida a propaganda eleitoral na internet depois de 5 de julho

Poderá ser feita em sites dos candidatos, dos partidos ou coligações, blogs, redes sociais e sites de mensagens instantâneas

É proibida a veiculação de propaganda paga na internet

Não poderá ser veiculada propaganda em sites de pessoas jurídicas e órgãos públicos

É livre a manifestação do pensamento. Mas o anonimato é vedado. Quem se sentir atingido pode requerer direito de resposta

As mensagens eletrônicas enviadas por candidato, partido ou coligação deverão ter um mecanismo que permita o cancelamento do cadastro pelo destinatário. O descredenciamento deve ser feito em 48 horas

Rádio e televisão

A partir de 1.º de julho, emissoras de rádio e TV não poderão veicular propaganda política ou difundir opinião favorável ou contrária a candidato, partido político ou coligação

As emissoras também nãopoderão dar tratamento privilegiado a candidato, legenda ou coligaçãoFuncionalismoDurante a campanha eleitoral, os agentes públicos estarão proibidos de praticar algumas condutas. Entre elas, ceder ou usar, em benefício de candidato, partido político ou coligação, bens móveis ou imóveis pertencentes à administração direta ou indireta da União, dos Estados, do Distrito Federal

Também não poderão distribuir bens e serviços nem nomear, contratar, demitir, suprimir ou readaptar vantagens a partir de 3 de junho Thiago Aguiar

Campanha de retirada das placas comerciais.

Antes...
Depois...
Os fiscais da SEMASP juntamente com os ficais de tributos, estiveram nesta manhã no centro comercial de Juazeiro do Norte, autuando os comerciantes notificados para retirarem as placas de publicidade que se encontram em situação irregular, eles tiveram um prazo de 60 dias para regulariza a situação.Os proprietários de lojas que não cumpriram a notificação e não enviaram nenhum recurso administrativo no prazo estipulado, foram penalizados de acordo com o decreto nº 107,16 de Fevereiro de 2006, Art.22, II do Código de Postura do Município.Segundo a secretária Onélia Leite, uma das maiores preocupações com a poluição visual em vias publicas, é a possibilidade de acidentes automobilísticos. Ela diz que 90% dos comerciantes da Rua São Pedro aderiram a campanha de despoluição sonora e novamente agradece a colaboração de todos.

Secretaria de Meio Ambiente(88)3511.3512

Agora sou eu... Os comerciantes que não colaboraram com a campanha, sem sobra de dúvida não ficaram muito bem vistos pela sociedade, hoje contei cerca de 10 placas que ainda resistem só na Rua São Pedro, a campanha foi aderida em diversas ruas que são artérias da Rua São Pedro, mais de 200 placas foram retiradas, e o trabalho dos fiscais é adimirável, o centro ficou visivelmente maior, e mais organizado, até a iluminação melhorou muito, outros centros como do Pirajá, contorno do Cariri Shopping, Novo Juazeiro, ainda Rua São Paulo, e Rua Padre Cícero deverão passar pela fiscalização que diariamente vem fiscalizando irregularidades que ante eram iguinoradas, mas desta vez a ordem chegou!



Thiago Aguiar

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Nome da Ceasa(Cariri)gera bate-boca.

A discussão sobre o projeto de lei que determina o nome do Centro de Abastecimento do Cariri durou mais de duas horas, com muita polêmica

Por Tiago Coutinho.

Em dia de muitas votações, a pauta que mais consumiu o tempo dos deputados estaduais na Assembleia Legislativo ontem foi uma que tratava do nome que deveria ser dado à Central de Abastecimento do Cariri (Ceasa), em Barbalha. Após muito bate-boca, a Casa acatou a proposta do Governo do Estado, no lugar do nome sugerido pela oposição.


Primeiro o plenário votou, tranquilamente e com pouca discussão, 11 mensagens do Governo do Estado, entre elas a redução do ICMS do material escolar e a implantação de um Plano de Cargos e Carreiras para os profissionais penitenciários do Ceará. Na hora de decidir o nome da Ceasa do Cariri, porém, houve fila de pedidos de pronunciamento. A disputa pelo microfone movimentou a sessão.


A votação dessa única matéria durou cerca de duas horas. De um lado, Vasques Landim (PR) propunha uma homenagem a José Feijó de Sá. Já o governador Cid Gomes (PSB) sugeriu nomear o equipamento de Padre Agostinho Mascarenhas.


O deputado Cirilo Pimente (PSDB), em defesa de Vasques, disse que o texto encaminhado pelo governo chegou depois da iniciativa do republicano e que, por isso, a Casa deveria privilegiar a proposta apresentada primeiro. Pimenta acrescentou ser uma desmoralização para os colegas ter de passar por cima de uma prerrogativa só para agir de acordo com a vontade do governo. Discurso que recebeu apoio de Heitor Férrer (PDT) e Adahil Barreto (PR).


Do lado governista, o líder Nelson Martins (PT) afirmou ter tentado negociar com Vasques para ele poder nomear outro equipamento público, mas não houve acordo. Para Nelson, o plenário tomou uma decisão democrática, escolhendo o melhor nome. Wellington Landim (PSB), também governista, foi mais incisivo e argumentou que outros episódios semelhantes já ocorreram na Casa.


Conflito

Por traz dessa pauta aparentemente simples, há uma disputa política. O nome sugerido por Vasques é do pai do ex-prefeito de Barbalha, Rommel Feijó (PSDB). Segundo Nelson, antes de começar a construção da Ceasa, Cid Gomes solicitou que Rommel cedesse o terreno previsto ao governo e recebeu um "não" como resposta. O governador comprou a área e, na hora de nomear, não aceitou a proposta de Vasques.


Primeiro foi votada a proposta de Cid, junto com outros 16 projetos de lei. Se uma proposta caísse, todas as outras cairiam também. Votaram contra apenas Vasques, Heitor, Adahil e Cirilo Pimenta. Eles justificaram que foram obrigados a votar dessa forma, contra todos os outros projetos, por "intransigência" da Mesa Diretora. Adahil disse que irá entrar com um requerimento para anular a votação. Ele argumenta que a forma como a votação foi encaminhada fere o regimento interno da Casa.
Comentário:
Bom, agora, como já diz o ditado "diz com quem tu andas e te direis quem tu és" um prefeito que nega um terreno para um governador construir uma bem feitoria para o povo do Cariri, e depois seu colega Vasques Landim vem com sua insistencia de nomear parentes e familiares de correligionários e briga para colocar o nome do pai justamente do ex-prefeito, hora, o povo poderia ser poupado desta baixaria. Não se tem argumentos contra fatos, agora que a CEASA já está sendo edificado, quando o ex-prefeito Romel negou doação do tal espaço, e o governador literalmente se "virou", comprou o terreno, está construindo o deputado estadual Vasques vem querer colocar o nome do pai do ex-prefeito.
São estes nossos representantes senhoras e senhores, é esta nossa realidade, Juazeiro faz parte disso, e o povo merece e precisa entender essas questões. Senhor deputado Vasques, busque uma forma de ajudar ao povo do Juazeiro e o Cariri, com atitudes e iniciativas concretas e que sejam úteis, brigar por uma homenagem? O que o povo ganha com isso? Nada, adianto logo.
Thiago Aguiar

Veja Juazeiro.

O Luzeiro já foi tema de álgumas matérias em nosso blog, o registro reforça a idéia feita por nossa edição, construir uma praça rotatória ao redor da torre, a torre é uma obra monumental. A torre deverá ficar mais movimentada com a conclusão da obra do Centro de Apoio ao Romeiro lbem próximo a torre.

Fotografias abaixo de Alex Uxoa.


Vamos diluir um pouco as notícias ruins a apreciar algumas fotografias feitas pelo fotógrafo Alex Uxoua publicada em seu site,(www.alexuxoa.com.br) o anglo e o local escolhido pelo fotógrafo para realizar os registros foram, são inéditos, logo no início da Rua Padre Cícero, ao lado do Centro de Apoio aos Romeiros, o local encontra-se habitado apenas por uma vasta vegetação e provavelmente deverá ser preservado.
Thiago Aguiar

Salviano rebate acusações, mas não apresenta provas.

Segundo o deputado federal Manoel Saviano, normalmente ele repassa a verba para as prefeituras, que por sua vez, priorizam o que devem fazer com os custos, de acordo com a necessidade de cada setor. "O deputado não monitora as verbas porque o papel dele é entregar aos municípios. Os prefeitos que tenho trabalhado e continuarei trabalhando são pessoas do mais alto respeito e confiança. Até a presente data, não tive conhecimento da aplicação inadequada e para onde foram destinados os recurssos" disse o deputado federal Salviano.
Jornal do Cariri.

O desafio lançado pelo Secretário de Governo Municipal Dr. Giovanni Sampaio não foi enfrentado, provar que dentro dos dez anos que é deputado fez alguma emenda, ou dentro do Governo Santana destinou emendas parlamentares para a cidade, não foi provado. A campanha iniciada por Filipe Santana em seu blog, aderida pelo blog Veja Juazeiro e repercutida em diversos meios de comunicação, onde solicita ao deputado federal uma emenda de no mínimo R$: 1milhão de reais, como fizeram os deputados da bancada cearense, Zé Airton, Gorete Pereira, José Guimarães e Eunício Oliveira, no qual destinaram no mínimo um milhão para a prefeitura de Juazeiro. O deputado Salviano não soube responder de forma alguma, qual foi sua ultima emenda parlamentar para nossa cidade, e o motivo de sua ausência com o povo, o desafio não foi discutir a conduta dos ex-prefeitos, ou acompanhar as tais verbas que disse ter encaminhado para a cidade, e sim provar que destinou emendas para a cidade. Cada parlamentar federal (deputado ou senador) pode apresentar emendas ao Orçamento da União propondo gastos de até R$ 5 milhões. Esse dinheiro pode ter aplicações variadas, desde obras de infra-estrutura (pontes, escolas, estradas) até a compra de ambulâncias ou a construção de quadras esportivas em determinado município, é como se fosse um fundo perdido, ou seja, não tem a obrigatoriedade que tem as verbas destinadas diretamente dos ministérios, por exemplo, se o ministério da saúde destina R$: 50 milhões para a secretaria de saúde de Juazeiro, para serem gastos em um ano, este montante tem que ser gasto somente com a saúde, nem R$: 1 real a menos para qualquer outra coisa. Já as emendas são livres podem ser gastas nos setores de prioridade de cada governo municipal. O problema grave é que o senhor deputado Salviano dentro destes dez anos que é deputado, nunca mandou nada para Juazeiro, nossa campanha é para tentar reverter isso, como ele mesmo diz, é o papel do deputado, e deve ser executado a risca, ele é muito bem pago por nós só para isso. Thiago Aguiar

No tempo dos coronéis.

Na foto acima, o ex-prefeito de Juazeiro, José Machado, pelas ruas de Juazeiro ao lado dos coronéis César Calls, Adauto Bezerra, Virgílio Távora e Humberto Bezerra. (Foto do Arquivo de Anchieta Machado).
Thiago Aguiar

Denúncia.


Há algum tempo obtive a informação que o período noturno da Escola de Ensino Médio Adauto Bezerra, vem passando por aflições, a polícia já invadiu a escola atrás de suspeitos, o estacionamento interno já foi invadido por bandidos quando o porteiro fugiu amedrontado.
A segurança de alunos e funcionários está completamente comprometida, vulneráveis, ainda que o fim do ano letivo esteja próximo ao fim, tudo isso poderia ser resolvido com algumas medidas simples ou drásticas de segurança em conjunto com a polícia Militar e Civil. Outro problema é o estacionamento externo, no final da noite de trabalho mais de 40 motocicletas e alguns carros estacionam justamente no semáforo que fica no portão da escola. Esperamos que os órgãos competentes, quando a responsabilidade vos cabe tome as providencias cabíveis, e ofereça mais segurança estudar.
Thiago Aguiar

Juazeiro: ministro da Saúde vai inaugurar Centro Odontológico

O Ministro da Saúde, José Gomes Temporão, visita a cidade de Juazeiro do Norte (Região do Cariri) na próxima segunda-feira (21). Ele vai inaugurar o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) da Região, ao lado do governador do Ceará, Cid Gomes, e do prefeito de Juazeiro, Dr. Santana.
O Consórcio de Municípios, formado por Juazeiro do Norte, Barbalha, Jardim, Missão Velha, Caririaçu e Granjeiro, administrará o CEO da Região do Cariri.


Com informações da Prefeitura de Juazeiro do Norte
Thiago Aguiar

SAMU SERÁ IMPLANTADO EM JUAZEIRO DO NORTE

O secretário de Saúde do Ceará, João Ananias, anunciou em entrevista ao Jornal do Cariri este ano, que o governador Cid Gomes, aprovou a implantação do SAMU em Juazeiro do Norte. Trata-se do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência que tem a finalidade de prestar socorro à população em casos de emergência, Juazeiro conta com uma população fixa de mais de 260 mil habitantes, e uma população flutuante de 150 mil pessoas/ano, este equipamento reduzirá o número de óbitos pela velocidade e técnica do SAMU, o tempo de internação em hospitais e as seqüelas decorrentes da falta de socorro precoce. O serviço funcionará em Juazeiro com equipes de profissionais de saúde, como médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e socorristas, que atenderão às urgências de natureza traumática, clínica, pediátrica, cirúrgica, gineco-obstétrica e de saúde mental da população. Serão utilizadas ambulâncias padronizadas e com os mais modernos equipamentos de atendimento médico em UTI móvel disponível 24 horas por dia. UPA em Juazeiro do Norte Outro investimento do estado, em Juazeiro do Norte, será a construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), uma espécie de hospital para casos de pequenas complexidades. O governo construirá a unidade em parceria com o Ministério da Saúde, os municípios da região participarão do custeio e poderão enviar pacientes para a unidade de Juazeiro do Norte. Todos estes projetos devem ganhar força com a visita do Ministro da Saúde, José Gomes Temporão, e sem dúvidas uma boa conversa sairá boas notícias para os caririenses. Thiago Aguiar

Alta do PIB Cearense, Juazeiro tem destaque.


Com uma participação percentual no PIB brasileiro de 0,92%, em 2007, Fortaleza ocupou a 15ª posição entre os 100 maiores municípios do País. No Nordeste, somente Salvador ficou em melhor colocação (11ª), com a parcela de 1,0%.Em preços correntes, a soma de todos os bens e serviços finais produzidos na Capital cearense no referido ano fechou em R$ 24,47 bilhões. O valor per capita registrou R$ 10 mil. Os dados estão no estudo do Produto Interno Bruto dos Municípios 2003-2007, divulgado pelo IBGE ontem.Um comparativo com os demais anos pesquisados aponta para um avanço. Em 2003, o PIB da Capital, a preços correntes, era de R$ 16,04 bi, passando no ano seguinte para R$ 17,62 bi; 2005, com R$ 20 bi e fechando 2006 com R$ 22,33 bi. Em termos per capita, os valores foram os seguintes: R$ 7 mil (2003); R$ 7,5 mil (2004); R$ 8,44 mil (2005); e R$ 9,24 mil(2006).Maracanaú com PIB a preços correntes de R$2,61 bilhões ocupa o segundo lugar no Ceará, em 2007. Em seguida, vem Sobral (R$ 1,75 bilhão), Caucaia (R$ 1,47 bilhão) e Juazeiro do Norte (R$ 1,09 bilhão).Os cinco menores resultados do Estado ficaram com Granjeiro com PIB no valor de R$ 13,87 milhões; seguido por Pacujá (R$ 16,17 mi); Ererê (R$ 18,45 mi); Potiretama (R$ 18,3 mi) e General Sampaio (R$ 19,3 mi).As rendas per capita mais significativas foram as de Eusébio (R$ 20,2 mil); São Gonçalo (R$ 13,7 mil); Maracanaú (R$ 13,2 mil); Horizonte (R$ 12,47 mil) e Fortaleza (R$ 10 mil).
DN
Thiago Aguiar

Sudeste vê padre Cícero diferente do público nordestino, diz biógrafo


"Onde já se viu o sangue de Jesus Cristo se manifestar na boca de uma costureira negra, pobre e analfabeta nos confins do Ceará?!" Essa foi a reação da cúpula do Vaticano sobre o relato do milagre da hóstia que vira sangue, feito por padre Cícero (1844-1934), que acabou na época sendo excomungado.O episódio, mostrado no filme "Milagre em Juazeiro" (1999), do cineasta Wolney Oliveira, reflete os preconceitos de alguns religiosos na época. Agora, o Vaticano pretende absolver o padre Cícero, colocando-o no caminho rumo à santificação, a fim de conter o avanço evangélico no maior país católico do mundo.
Na opinião de Lira Neto, autor do livro recém-lançado em São Paulo e Nordeste "Padre Cícero: Poder, Fé e Guerra no Sertão", a história do líder político e religioso ainda é visto como uma caricatura no Sudeste, enquanto no Nordeste predomina uma adoração, realizada principalmente por 2,5 milhões de devotos, público estimado das romarias por ano em Juazeiro do Norte (sul do Ceará), onde há uma estátua em homenagem ao padre."O público nordestino tem uma aproximação maior com o universo do padre Cícero. Já o público do Sudeste encara o padre Cícero com reservas", conta o escritor, em podcast.
Padre CíceroEste é o primeiro livro de Lira Neto na Companhia das Letras, que passa a contar com um trio best-seller, que inclui Fernando Morais ("Chatô" e "Olga") e Ruy Castro ("Carmem" e "O Anjo Pornográfico")Neto diz que seu livro não é religioso, mas uma biografia que trabalha também outras dimensões, como a influência política de padre Cícero na história brasileira do século 20.Ele dá seu palpite sobre as razões do sucesso de livros com temática religiosa. O biógrafo cita a busca por novos valores, em uma sociedade cada vez mais tecnicista, superficial e virtual, além da sedução que fatos misteriosos e sobrenaturais despertam nos leitores. Ouça:

*"Padre Cícero: Poder, Fé e Guerra no Sertão"Autor: Lira NetoEditora: Companhia das LetrasPáginas: 544Quanto: R$ 49Onde comprar: 0800-140090 e no site da Livraria da Folha
Thiago Aguiar

Strauss no Ceará

A JOHAN N STRAUSS Capelle: retomada em 1977, após um intervalo de quase 100 anos em suas atividades, a orquestra de Viena é reconhecida como um centro de excelência, com acervo valioso e constante aposta em novos compositores e regentes.

A orquestra austríaca Johann Strauss Capelle realiza a partir de hoje uma série de quatro apresentações no Ceará. Oportunidade de apreciar, hoje em Juazeiro do Norte e a partir de amanhã em Iguatu, Fortaleza e Sobral, obras de grandes gênios da história da música, interpretadas em nível de excelência por seguidores diretos de sua secular tradiçãoA música de Strauss, apresentada por uma formação internacionalmente reconhecida pela excelência na interpretação da obra do compositor austríaco. A Johann Strauss Capelle, de Viena, vem ao Ceará para quatro apresentações, dentro do projeto Concertos Natalinos, do Governo do Estado. Uma oportunidade rara de ouvir temas como as valsas e polcas da dinastia Strauss, pelas mãos de músicos que dão continuidade à história da orquestra, para a qual várias dessas peças foram compostas.De acordo com a produção da orquestra, criada em 1853 tendo Johann Strauss como fundador e regente, o grupo tomou novo impulso a partir de 1977, quando suas atividades foram retomadas, após um intervalo de quase 100 anos. Atualmente, a formação se mantém em destaque pelo alto nível na interpretação das obras da chamada "dinastia Strauss", com requintes únicos, como o acesso a partituras originais e o uso de roupas típicas da época pelos músicos no palco.Acumulando mais de 2.700 concertos realizados em cidades como Tókio, Nova York e Los Angeles, além de passagens por diversos países europeus e da América Latina, a orquestra iniciou no último dia 10 sua atual turnê brasileira. A inclusão do Ceará no roteiro foi viabilizada, de acordo com Eduardo Fideles, funcionário da Secretaria de Cultura do Governo do Estado, através de contato com a Secult. "Mas, como já estávamos com orçamento fechado, conseguimos uma articulação com a Casa Civil, por meio dessa série de concertos natalinos", festeja, entusiasmado com a presença dos músicos austríacos para as apresentações de hoje em Juazeiro do Norte, amanhã em Iguatu, sábado em Fortaleza e domingo em Sobral."A Johann Strauss Capelle é uma orquestra famosíssima. Tem toda uma trajetória que remonta à história imperial e é um grande bem simbólico, um dos maiores patrimônios de Viena", ressalta, chamando atenção para a importância histórica e contemporânea do grupo. "Falar dessa orquestra, para os austríacos, é como falar da Filarmônica de Berlim, para os alemães. Eles são o que existe de melhor, o supra-sumo. Extremamente afinados".
Diario do Nordeste.
Thiago Aguiar

DENÚNCIA: SÍTIO CALDEIRÃO, O ARAGUAIA DO CEARÁ: UM GENOCÍDIO ESQUECIDO PELOS LIVROS DE HISTÓRIA!

Especial.

"As Vítimas do Massacre do Sítio Caldeirão têm o direito inalienável ao resgate da Memória Histórica de sua luta e morte, e isto ninguém jamais poderá negar!" Otoniel Ajala Dourado.
No CEARÁ, para quem não sabe, houve também um crime idêntico ao do “Araguaia”, contudo em piores proporções, foi o MASSACRE praticado por forças do Exército e da Polícia Militar do Ceará no ano de 1937, contra a comunidade de camponeses católicos do Sítio da Santa Cruz do Deserto ou Sítio Caldeirão, que tinha como líder religioso o beato JOSÉ LOURENÇO, seguidor do padre Cícero Romão Batista.
A ação criminosa deu-se inicialmente através de bombardeio aéreo, e depois, no solo, os militares usando armas diversas, como fuzis, revólveres, pistolas, facas e facões, assassinaram mulheres, crianças, adolescentes, idosos, doentes e todo o ser vivo que estivesse ao alcance de suas armas, agindo como feras enlouquecidas, como se ao mesmo tempo, fossem juízes e algozes.
Como o crime praticado pelo Exército e pela Polícia Militar do Ceará foi de LESA HUMANIDADE / GENOCÍDIO / CRIME CONTRA A HUMANIDADE é considerado IMPRESCRITÍVEL pela legislação brasileira bem como pelos Acordos e Convenções internacionais, e por isso a SOS - DIREITOS HUMANOS, ONG com sede em Fortaleza - Ceará, ajuizou no ano de 2008 uma Ação Civil Pública na Justiça Federal contra a União Federal e o Estado do Ceará, requerendo que sejam obrigados a informar a localização exata da COVA COLETIVA onde esconderam os corpos dos camponeses católicos assassinados na ação militar de 1937.Vale lembrar que a Universidade Regional do Cariri – URCA, poderia utilizar sua tecnologia avançada e pessoal qualificado, para, através da Pró-Reitoria de Pós Graduação e Pesquisa – PRPGP, do Grupo de Pesquisa Chapada do Araripe – GPCA e do Laboratório de Pesquisa Paleontológica – LPPU encontrar a cova coletiva, uma vez que pelas informações populares, ela estaria situada em algum lugar da MATA DOS CAVALOS, em cima da Serra do Araripe.Frisa-se também que a Universidade Federal do Ceará – UFC, no início de 2009 enviou pessoal para auxiliar nas buscas dos restos dos corpos dos guerrilheiros mortos no ARAGUAIA, esquecendo-se de procurar na CHAPADA DO ARRARIPE, interior do Ceará, uma COVA COM 1000 camponeses.Então qual seria a razão para que as autoridades não procurem a COVA COLETIVA das vítimas do SÍTIO CALDEIRÃO? Seria descaso ou discriminação por serem “meros nordestinos católicos”?Diante disto aproveitamos a oportunidade para pedir o apoio de todos os cidadãos de bem nessa luta, no sentido de divulgar o CRIME PERMANENTE praticado contra os habitantes do SÍTIO CALDEIRÃO, bem como, o direito das vítimas serem encontradas e enterradas com dignidade, para que não fiquem para sempre esquecidas em alguma cova coletiva na CHAPADA DO ARARIPE.

Para que as vítimas ou descendentes do massacre sejam beneficiadas pela ação, elas devem entrar em contato com a SOS DIREITOS HUMANOS para fornecerem por escrito e em vídeo seus depoimentos sobre o período em que participaram da comunidade do Caldeirão, sobre como escaparam da ação militar, e outros dados e informações relevantes sobre o evento.

Dr. OTONIEL AJALA DOURADOOAB/CE 9288 –
-(85)** 8613.1197 – (85)** 8719.8794-
Presidente da SOS - DIREITOS HUMANOS
www.sosdireitoshumanos.org.br
sosdireitoshumanos@ig.com.br Thiago Aguiar

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Diário de nossa terra.



Por: Thiago Aguiar.


No inicio era uma parada sobre sombras de um pé de Juazeiro, linha de caminhoneiroos que ainda seguiriam a cidade do Crato, bem na encruzilhada de rotas comerciais sertanejas entre Ceará, Piauí, Paraíba e Pernambuco. Para completar o roteiro, Taboleiro grande era à beira da Chapada do Araripe.
E tinha uma capelinha, onde costumava rezar missa um novo padre baixinho, de intensos olhos azuis e desde novo com esta postura meio de lado, a cabeça descaída de leve sobre o ombro esquerdo.Cícero Romão Batista o profeta em sua própria terra.E a partir das gentes que cada vez mais se chegavam por ali, vindas de todos os cantos, a partir do final do século 19, atraídas pela mística do Padre Ciço, nasceu Juazeiro do Norte, o município mais populoso do interior do Ceará e o melhor ponto de partida para se conhecer o Cariri, a região sul do estado.
Paisagem de encher os olhos para qualquer visitante, o Cariri compartilha a primeira floresta nacional do Brasil, a do Araripe, instituída por decreto em 1946.O Ibama local faz um trabalho de conscientização com a comunidade do entorno, que se beneficia dos produtos naturais deste bioma de transição entre caatinga, floresta úmida e cerrado, um tesouro que ocupa 38.262 hectares. Mas para o visitante interessado na cultura popular, as riquezas do Cariri podem ser ainda maiores.
Em épocsa de romarias, a cidade de Juazeiro do Norte se transforma. Um mar de gente se move pelas ruas convulsionadas e estreitas, de São Pedro a São Paulo, Santa Luzia, da Glória, da Conceição, e de Todos os Santos, a praça Padre Cícero, a igreja do Socorro, a matriz de Nossa Senhora das Dores.
Na pedra do Horto, o ponto mais alto da cidade, mulheres e homens sobem a escadaria e rodeiam a estátua branca do Padre Cícero, a batina de cal marcada pelos nomes dos visitantes, pelos pedidos e pelos agradecimentos às graças alcançadas, expressados em fitas amarradas na grade que cerca o monumento. E são tantas que o vento, ao passar por elas, cria uma estranha música que ora lembra a chuva caindo.
Daqui de cima se vê o emaranhado urbano que não tem mais para onde crescer, mas que mesmo assim se alonga emvárias recentes construções, altos edifícios, condomínios fechados e novos subúr-bios que logo mais vão se emendando ao Crato, divididos praticamente por uma gigante plantação de cana. Quando a tarde cai e a temperatura esfria, uma teia elétrica desenha o contorno das duas cidades, e o Luzeiro do Sertão "alumia" o deserto que ao seu redor prevalece. O Horto fica a seis quilômetros do centro da cidade, em estrada asfaltada ou em pedra tosca que cruz o proprio bairro do "Horto" que tem em sua maioria moradores de todo Brasil. Mesmo fora das temporadas – nas romarias da padroeira, Nossa Senhora das Dores, ou nas de Nossa Senhora das Candeias, de Todos os Santos, de Finados, no aniversário do Padre Cícero e também na data de sua morte –> Juazeiro recebe mais de 2 milhões de visitantes.
Há acomodações para todos os bolsos, simples ranchos para os que chegam nos caminhões pau-de-arara, hotéis confortáveis no centro e os luxuosos hoteis e pousadas nas encostas mais distantes no bairro da Lagoa Seca.
Aqui também hoje chegam as revoluções políticas inspiradas no Cheguevara, onde um novo governo aplica a reforma administrativa e tenta mudar a realidade do povo que aqui reside. É bem fácil enxergar nos olhos do prefeito em um discurso sobre seus desejos para Juazeiro tornam-se sonhos na vida dele, pude perceber que desta vez, Juazeiro do Norte, elegeu um de seus filhos para cuidar do que é seu. E em meio a tanta evolução e revolução em Juazeiro, que em menos de 100 anos construiu uma terra de todas as crenças e louvores. Uma cidade que hoje é possível ver de tudo, inacreditavelmente, de tudo, mas ainda se vive nos tradicionas sítios e nas luxuosos restaurantes e clubes, é o contraste da metrópole no interior.
E por fim, uma frase que escutei ao passar pela rua Padre Cícero nos batentes da Basílica das Dores: "seu dotor puramor de Deus, de uma esmolinha a um romeiro que vem de longe, dos emaranhado da Alagoas, agradicer a bença arcançada pelo meu padim."
Thiago Aguiar

PREFEITURA CONVIDA PARA ATO LITÚRGICO NATALINO




A Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte convida os servidores municipais e todos os juazeirenses para amanhã, as 18 horas e 30 minutos, na Capela do Socorro, juntos assistirmos um ato litúrgico natalino.Confirmada a presença do Prefeito Dr. Santana, secretários e colaboradores da administração. E após a missa, ainda na Praça do Socorro, acontece em parceria com o Governo do Estado a apresentação da Orquestra Sinfônica de Viena.
Thiago Aguiar

CARIRI - Projeto lança livro e documentário.

Fortaleza. Preservar por meio do papel fotográfico e do registro audiovisual a história, a memória, a produção cultural e a riqueza ambiental do Ceará. É com esta meta que o cineasta pernambucano Marcos Carvalho lança, hoje, o livro e documentário "Ceará: Imagens e História". O lançamento será no Centro Cultural Banco do Nordeste - Cariri, às 19 horas. Financiado pelo Programa BNB de Cultura, a iniciativa faz parte do Projeto Cinema no Interior, que já percorreu estados do Sul, Centro-Oeste e Norte."É uma grande expedição que busca contemplar a diversidade geográfica e cultural do Brasil. Este é um projeto que vislumbrava desde os meus 13 anos, quando viajava pelo interior do Estado de Pernambuco. Foi a partir daí que decidi trabalhar com audiovisual, aprendendo por conta própria", define Marcos Carvalho.O "Cinema no Interior" busca envolver as comunidades de pequeno e médio porte. Após analisar a potencialidade do local, a equipe entra em contato com as secretarias de Educação e Cultura de cada município. É a partir desse contato que eles se dirigem às escolas para apresentar o projeto e convocar estudantes. No Ceará, o projeto envolveu cerca de 25 estudantes de dez municípios: Aquiraz, Aracati, Assaré, Crato, Juazeiro do Norte, Missão Velha, Nova Olinda, Quixadá, Quixeramobim e Santana do Cariri. Eles participam de uma oficina onde aprendem técnicas básicas de fotografia e audiovisual, e a partir disso eles passam a registrar o que consideram mais importante em termos de arquitetura, natureza e manifestações.Durante as viagens pelo Ceará, o período chuvoso se converteu em grande problema. Na apresentação, Marcos Carvalho lembra que ao visitar o sítio onde ficava o Caldeirão, comunidade religiosa liderada pelo beato José Lourenço, encontrou um grupo de operários que trabalhavam na reforma da capela ilhados há semanas. "Tivemos que fazer vários trechos a pé e em outros lugares foi impossível chegar ", recorda.

Mais Informações:

Centro Cultural Banco do Nordeste

Rua São Pedro, 337

Juazeiro do Norte - CE (88) 3512.2855
DN.
Thiago Aguiar